joomla site stats
Tag: Camarão
 
Frutos do mar, lado B
[12 fev 2015 | Pedro Mello e Souza | 2 comentários ]

As definições para frutos do mar podem, sem trocadilhos, ser bem vagas. Há quem inclua certos peixes para a explicação mais genérica. E há os radicais, que excluem certos crustáceos. É uma discussão globalizada pelo fato maior do paladar: as conchas, essas sim, incluídas em todas as classificações, estão na moda. Vieiras e mexilhões puxam [ Leia mais… ]

 
O mar de Pino Cuttaia
[13 jan 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Se compararmos com nossas diferenças geográficas, ir a Licata, no sul da Sicila, pela gastronomia, é como ir a um porto como Tubarão em busca de um restaurante. Mas vale a viagem? Sem demérito àquele ponto do litoral brasileiro, em Licata, vale. É lá, no extremo de uma extrema cidade siciliana, um entreposto de contêineres, [ Leia mais… ]

 
Sunset risotto
[28 jul 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Todos os que vão ao 706 – eles grafam como 7Zero6 – fazem a mesma foto: o pôs do sol por trás do Morro Dois Irmãos. Lindas, mas muitas e, portanto, idênticas. Boring. Já deu. Mas a vista está ali para dar um pano de fundo idílico ao misto de lounge e restaurante de pratos [ Leia mais… ]

 
Com que vinho eu vou, Elaine?
[7 abr 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Elaine de Oliveira Sparkling Pointe Winery, Nova York (da matéria Com que vinho eu vou?, publicada no Caderno ELA Gourmet, abril de 2014)   Churrasco de costela Tinto com caráter Costela é uma carne rica em gordura e sabor. Para harmonizar precisamos de um vinho de caráter, estruturado, que segure a personalidade do prato. [ Leia mais… ]

 
Com que vinho eu vou, Arruda?
[7 abr 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

ED ARRUDA, CIPRIANI (da matéria Com que vinho eu vou?, publicada no Caderno ELA Gourmet, abril de 2014)   Escondidinho de carne seca Tinto primitivo O vinho que sugiro é um tinto do sul da Itália, da uva primitivo, que poderia ser da Manduria ou Salento. O escondidinho requer perícia. É um prato estruturado com [ Leia mais… ]

 
Com que vinho eu vou, Lima?
[7 abr 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  LIMA Laguiole (da matéria Com que vinho eu vou?, publicada no Caderno ELA Gourmet, abril de 2014)   Bobó de camarão Chardonnay com madeira Dois diferenciais nesse prato: o dendê e coco, que pedem um vinho com madeira, um toque amanteigado como o do chardonnay. É um vinho que harmoniza muito bem com os [ Leia mais… ]

 
Espetada de tamboril
[1 mar 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Normalmente, as espetadas chegam às mesas portuguesas em um aparato de metal que toma conta do cenário como um guindaste, frágil e proeminente, no horizonte de um cais do porto. Quando é mais de uma espetada, os pratos viram os próprio cenários dos portos de Rotterdam. No Antiquarius, vale o lado rústico, com o [ Leia mais… ]

 
Zuka na pedra
[1 mar 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Mais de dez ingredientes em oito espetos diferentes, com muita cara daquels que costumávamos encontrar nas praias. Há queijo coalho, polvo, camarão, kafta de carne, linguiça do “Ceceu”, batata com tomate, palmito pupunha e portobello, com a guarnição de molhos variados. Todos eles espetados em uma pedra. em uma apresentação de design, como criado pela [ Leia mais… ]

 
Salada de manga e camarões
[23 fev 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Yam kung mamuang . Ou ยำกุ้ งมะม่วง, no original, para essa versão de uma salada que traz um dos raros momentos de paz entre frutas e frutos. Os do mar. Aqui, a versão da salada tailandesa é refrescante, levemente picante e pouquíssimo calórica, com camarões cozidos e manga, que pode ser readaptada conforme o gosto [ Leia mais… ]

 
Vai dar praia 1
[3 fev 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Sirizinhos, espetinhos, cocos, mates… quantos petiscos, gostosuras e delicadezas que encontrávamos na praia e que nos fizeram crescer fortes e vigorosos depois de anos de mar e areia, foram proscritos, coibidos ou, simplesmente, proibidos? Mas se ninguém passava mal na praia, passa bem agora, com o cardápio temperado com sal e manifesto do Bazzar, que [ Leia mais… ]

 
Oud Sluis: perdemos
[28 jan 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

O anúncio veio em junho. Mesmo com todas as medalhas e indicação do 50 Best como melhor restaurante da Holanda – e maior do mundo em frutos do mar -, o chef Sergio Herman anunciava o fim de seu restaurante, na erma cidade de Sluis, a três horas de Rotterdam. Me passaria despercebido se a [ Leia mais… ]

 
O bacalhau da Garoupa
[4 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

A Toca da Garoupa, na Ilha de Santa Catarina, não tem esse nome de graça. Seus proprietários já fuçaram muitas cavernas daquele litoral para conseguir a carne delicada do peixe que batiza o restaurante. Hoje, em sua terceira década de existência, colecionando prêmios como o melhor pescado pela Veja Santa Catarina, continua na caça (quem [ Leia mais… ]

 
Modo de usar: Country Club
[30 out 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

OS VOTOS DO SUPREMO   Supremo não precisa terminar em pizza, necessariamente. Pode terminar (ou começar) com um supremo de frango, desde que seja bem feito. É prato das antigas, iguaria vintage, de tempos pré-gastronômicos, em que a inteligência e a fidalguia costumava dizer: – “bom, vou jantar que eu estou com sede”. Coisas do [ Leia mais… ]

 
Lisburguer
[28 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Tem certas pesquisas que merecem mais profundidade. Uma delas é a que me intrigou: Espaço Açores, que Joe Best, um chef rock’n’roll, filho de Sintra me chamou a atenção quando fiz a matéria Lisboa Remix, para o Caderno Ela, do Globo. Na realidade, ele, mui justamente, esculachou uma bobagem que eu escrevi. Mas como tudo [ Leia mais… ]

 
Búzios: modo de usar
[5 jul 2013 | Pedro Mello e Souza | Um comentário ]

Búzios respeita a sua geografia. E o seu litoral privilegiado, em que as águas frias dão alguma qualidade ao pescado brasileiro. Assim, o balneário entra em sua estação alta – no frio, a da boa mesa – na volta de seu festival anual de gastronomia.  Em cartaz, uma cornucópia de 48 restaurantes e uma série [ Leia mais… ]

 
Marais: Talheres no Globo
[14 abr 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

MARAIS PRÊT-À-PORTER Os restaurantes e bistrôs que valem a ida ao bairro que é luxo só. (Especial para o Caderno ELA)   “O Marais não existe”, diz o turista empolgado. Tecnicamente, não existe mesmo. A prefeitura não reconhece oficialmente a denominação, que tem fronteiras informais, do Centro Georges Pompidou à Place des Vosges, nas laterais. [ Leia mais… ]

 
O crítico pós-Katrina
[17 dez 2012 | Pedro Mello e Souza | Um comentário ]

(Editei essa matéria há dois anos. Ainda no Globo, hoje na VejaRio, o jornalista Rafael Teixeira, tinha um blog de gastronomia, apesar pela sua preferência profissional pela área cultural, especialmente pela música, que o fez assinar, durante uma boa época, uma série de críticas e resenhas para a Rolling Stone. E pelo teatro e as [ Leia mais… ]

 
A paella do Pepe Torras
[13 jul 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Paella Pepe Torras, homenagem do restaurante Garden, em Ipanema, ao nosso catalão predileto, artesão (no sentido da arte) das jóias, gourmet, membro consagrado da Companheiros da Boa Mesa.   Ingredientes   200g de camarões pequenos sem casca 400g de filé peixe sem pele, cortado formato de cubos 4 camarões tipo VG com casca, fritos [ Leia mais… ]

 
Búzios: mar de frutos
[7 jul 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Lulas, camarões e toda uma nobre corte de frutos do mar são os itens que eu provaria dos cardápios de 46 restaurantes que participam da versão 2012 do Festival Gastronômico de Búzios, que começou ontem, dia 6 de julho, e segue até o próximo sábado, dia 14, com a participação de membros da comunidade e, [ Leia mais… ]

 
O panteão das trattorias
[12 jun 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

A pajata do post acima é mais do que uma especialidade da região do Lazio, onde prevalecem as iguarias à base de abbachio, o cordeiro de leite. É um caso do monumento da arquitetura culinária de Roma, um requinte que mora em seu endereço único: a simplicidade. E é também um dos destaques do cardápio [ Leia mais… ]