joomla site stats
Tag: Italia
 
Lasanha em 4D
[23 mar 2017 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

A rigor, as lasanhas têm quatro importantes estágios de exuberância na história. A primeira, na criatividade dos gregos. A segunda, dos afrescos de Pompeia. A terceira, dos americanos, que a popularizaram no pós-guerra – os próprios italianos do norte a desprezavam – e, finalmente, com o personagem Garfield, de Jim Davis, que a transformou em [ Leia mais… ]

 
Tre Fontane, trapista italiana
[13 fev 2017 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Cereais matinais com carga espiritual. Há menos de um ano, essa cerveja, produzida pelos monges da Abbazia delle Tre Fontane (Abbatia trium fontium ad Aquas Salvias) é a 11a. cerveja trapista do mundo – e a primeira italiana. As tais três fontes teriam brotado dos pontos em que bateram a cabeça de Paulo, quando foi [ Leia mais… ]

 
Etna: as levas do vulcão
[10 abr 2016 | Pedro Mello e Souza | 2 comentários ]

  O ambiente das vinhas no sopé do Etna é de uma beleza quase sinistra. A terra nera, que batiza alguns dos rótulos, é densa e escura como um pó de chocolate amargo. Mas suave, que cede ao passo do homem. E do tempo. Algumas ruínas pontuam a paisagem e dão o testemunho de uma [ Leia mais… ]

 
Brancaia TRE
[9 ago 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Cor lindíssima do manto rubi, nariz perfumado e com frutas de todos os tipos, uma pimentinha pra condimentar. Na boca, tem estrutura mas muita delicadeza, além de uma acidez esplêndida. É uma combinação no estilo supertoscano, de sangiovese, que lhe dá frutinhas e um temperinho mineral com direito a um toque sangüíneo na boca, o [ Leia mais… ]

 
Nozze d’Oro
[12 abr 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

É um vinho que, de tão encantador, é romântico até no nome. Foi criado em 1985 pelo Conde Giuseppe, proprietário da vinícola, por ocasião de suas bodas de ouro (ou, em italiano, nozze d’oro). É dedicado à sua esposa Franca “com amor imenso”. Obteve 89 pontos na Wine Spectator e 90 pontos no Robert Parker. [ Leia mais… ]

 
O mar de Pino Cuttaia
[13 jan 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Se compararmos com nossas diferenças geográficas, ir a Licata, no sul da Sicila, pela gastronomia, é como ir a um porto como Tubarão em busca de um restaurante. Mas vale a viagem? Sem demérito àquele ponto do litoral brasileiro, em Licata, vale. É lá, no extremo de uma extrema cidade siciliana, um entreposto de contêineres, [ Leia mais… ]

 
Sarmassa
[17 out 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Elegância e equilíbrio. Tem um nariz quente, suave no frutão vermelho, uma boca intensa mas aveludada, como convém a um barolo nobre, com sua relação de vizinhança com o pinot noir. Pintam terras, trufas e outras delicadezas que as vinhas de 55 anos nos retornam do terreno rústico, fechado, pedregoso, de pouca areia. Talvez venha [ Leia mais… ]

 
Sole e Vento
[14 set 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Qual o resultado da união de dois terroirs diferentes? Complicado, sobretudo pelo desafio a uma lei: uva não deve viajar – quem planta e engarrafa na própria vinícola, se gaba disso e deixa claro no rótulo. Mas vejamos o que tivemos para o dia: um vinho longo e cheio, mas refrescante,  estruturado, com uma textura [ Leia mais… ]

 
Vinupetra
[23 ago 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Nerello mascalese e nerello cappuccio são uvas da aventura extrema de um vinhedo e da ousadia máxima de um produtor. Os vinhedos dessa casta serão os primeiros atingidos pelas próximas lavas do Etna. Sim, a leitura é correta – não são levas, são lavas mesmo, as quentes, as que tingem a terra de um negro [ Leia mais… ]

 
Monica
[19 ago 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Argiolas não é mais um ícone da Sardenha. Mas de toda a Itália. Nos brancos, com o fresco e mineral vermentino como nos tintos, com essa uva pouco badalada, arqueológica, rara e, por tudo isso entrando da moda dos fashionistas dos vinhos. É denso, de consistência frime mas não agressiva. E com um toque seco, [ Leia mais… ]

 
La Gallina, Piemonte
[3 jun 2014 | Pedro Mello e Souza | Comentários desativados em La Gallina, Piemonte ]

Patricia Kozmann me contou o seguinte:   O restaurante La Gallina é o núcleo gourmet do hotel L’Ostelliere Villa Sparina Resort, 4 estrelas, localizado em meio a um anfiteatro natural de bosques e vinhedos, no coração do Piemonte. A proprietária da propriedade, a família Moccagatta, restaurou a antiga casa colonial do século XVII e situa-se [ Leia mais… ]

 
Itália: entre o país e a nação
[29 mar 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Se país não é sinônimo de nação, taí a mesa italiana para nos confirmar essa aparente contradição. Lá, cada cozinha é uma pátria. As cidades são divididas em estilos e cada bairro pode cultivar o seu tipo particular de pão com orgulho de quem empunha uma bandeira nacional. O cozinheiro de uma região ri de [ Leia mais… ]

 
Chianti a passeio
[10 mar 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Os cenários parecem montados: é uma bruma que parece não se dissipar da primavera, que dá atmosferas a tudo o que o Chianti tem de legado: sua arquitetura, sua história, sua arte, seus copos e seus pratos. É uma região que mostra o que a Itália tem de diferente dos demais países europeus: apesar de [ Leia mais… ]

 
Penne! Penne! Penne!
[28 fev 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Penne é massa artesanal? Olhando para os desenhos perfeitos de cada uma das massinhas, é duro pensar que não, já que a forma é tão simples. Mas isso é caso antigo, desde 1865, mais exatamente, quando o genovês Giovanni Capurro pediu a patente de um dispositivo que cortava as massinhas na diagonal. Com ela, dispensava [ Leia mais… ]

 
Fides na mesa de Pio
[9 fev 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Nos últimos três anos, ele esteve no Brasil pelo menos quatro vezes. Ou três, se contarmos uma tentativa, em vôo da época que um vulcão na Islândia impediu a Europa de decolar. Mas Pio Boffa está sempre em erupção – é renitente e um dos produtores mais entusiasmados com o Brasil, onde é representado pela [ Leia mais… ]

 
Lasagnette: o fim de Marco Polo
[20 jan 2014 | Pedro Mello e Souza | Um comentário ]

Nada mais vencido e datado do que a história das massas italianas que atribui sua chegada no Ocidente a Marco Polo. Há algum tempo, os historiadores se dividem: um grupo deles assegura que o mais próximo que lendário viajante veneziano esteve da China foi uma masmorra persa. Outros, bem mais embasados, mostram que o garboso [ Leia mais… ]

 
Acquarello no Brasil
[14 jan 2014 | Pedro Mello e Souza | Um comentário ]

Antes de mais nada, sem piadinhas com Ary Barroso. Mas preparem-se: essa melodia tem tudo para tomar conta das partituras culinárias em torno do arroz. Chega com paladar rico, pedigree nobre e um irresistível gimmick de imprensa: é envelhecido por sete anos. Trata-se do acquarello, não um tipo, casta ou variedade, mas uma marca de [ Leia mais… ]

 
Birra Perugia
[8 jan 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Vibrante, equilibrada, muito saborosa e com uma bela cor de vinho do porto. Essa é a versão moderna da Antica Fabbrica Birra Perugia, que está pronta para celebrar seus 140 anos de existência. Mesmo com a produção interrompida por algum tempo, o rótulo está de volta em grande estilo, com paladar maltado e com estilos [ Leia mais… ]

 
O Versace dos espumantes
[7 jan 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Já iniciei essa série antes, mas, por conta dos créditos, coisa rara hoje em dia, inauguramos oficialmente o Q.M.A.E.V.F.C.B., iniciais de “Quem me apresentou esse vinho foi a Cristiana Beltrão”. É uma chancela exclusiva, a única que traz, em seu caderno de obrigações, algo que qualquer outro selo de denominação jamais terá: certificação de coisa [ Leia mais… ]

 
Ano Novo à italiana
[31 dez 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Fogos de artifício para entrar o ano à italiana com a campanha das massas Barilla para as festas de fim de ano de 2010. Foi criada pela equipe do diretor de criação da Young & Rubicam Italia, Vicky Gitto, com arte de Marco Panareo sobre foto do estúdio Rumble Fish, de Massimo Germoglio, em Roma. [ Leia mais… ]

 
O manual do atum 1: os cortes
[20 dez 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

O bom atum pode ser maior e mais pesado do que uma bela vitela. Os chefs mediterrâneos sabem disso muito bem. Os sushimen, mais ainda. E todos eles selecionam direitinho o corte do peixe que vai servir à sua receita, seja ela crua, grelhada, curada ou em conservas. Por isso, desenhar o atum com aquele [ Leia mais… ]

 
O manual do atum 2: as fórmulas
[20 dez 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Ao contrário das peças de gado, que variam de país para país, os cortes de atum são basicamente os mesmos em todo o mundo, da Sicilia ao Japão. A parte do lombo, mais vermelha, ganha quatro separaçõesque geram filés para a grelha e cortes mais delicados para fórmulas modernas como o carpaccio. A parte posterior, [ Leia mais… ]

 
Vitovska 2010
[17 dez 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Olha bem para a cor desse vinho com nome de olimpíada de inverno: parece um suco . Amarelo fechado, alaranjado, quase âmbar, com um turvo leve, fascinante. Na boca, mais ainda: salino, iodado, mineral de fonte, com notinhas de ervas medicinais. E denso, dramático, com evolução para a mesma laranja da cor, com cascas, geléias, [ Leia mais… ]

 
Abruzzo 1: a descoberta
[1 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

De Roma, parte-se rumo ao leste. Em pouco mais de duas horas, chega-se ao outro litoral do país, o do Mar Tirreno, o mesmo que banha a badalação em torno de Veneza e do destino do momento, a Croácia. No caminho, as paisagens alternam-se em cenários inesperados: são penhascos vertiginosos e paisagens alpinas, a geometria [ Leia mais… ]

 
Abruzzo 2: La Bandiera
[1 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

“Vocês recebem muitos brasileiros?”, perguntamos, de forma quase protocolar. “Não, vocês são os primeiros”. Quem responde é Marcello Spadone, que, ao coordenar o trânsito de malas com a serenidade de quem sai de uma missa, não revela a sua condição de chef do restaurante La Bandiera, com duas estrelas no Michelin, e sua pousada de [ Leia mais… ]

 
Abruzzo 3: La Réserve
[1 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

A graça estética do Abruzzo tem dois lados: o de fora e o de dentro. Fora, quase 70% da área do estado, que se localiza no calcanhar da bota italiana, é de áreas preservadas pelo governo, que é especialmente atento aos impactos da hotelaria no local. As viagens pelas estradas tortuosas da área montanhosa passam [ Leia mais… ]

 
Cantinetta Antinori: modo de usar
[23 set 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Ano que vem, a Cantinetta Antinori de Zurique completa 20 anos. Uma criança, se compararmos com a crônica de sua grife de vinhedos centenários e de rótulos controversos e revolucionários. Ali, na Augustinergasse, tudo discreto: da fachada de sobriedade luterana às mesinhas do lado de fora, apesar de um mês de maio que ainda [ Leia mais… ]

 
Frescobaldi branco?
[20 set 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Sim, branco. O enredo é simples: território de meia montanha, sem colinas, com vinhas até 700 metros de altitude, com plena mas delicada exposição solar no maior vinhedo da Toscana. Esse é o resumo da ópera Castello di Pomino, que a Marchesi Frescobaldi, através de um dos descendentes da família, Stefano Benini, trouxe para apresentar [ Leia mais… ]

 
Faca amolada 2
[5 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

O design desenvolve-se de tal forma na cozinha que, no despertar do século 21, chegamos ao Paleolítico Superior. Nesse caso, os reconhecimentos vão para o italiano Michele Daneluzzo, famoso pelas pequenas revoluções que promove nos mobiliários urbanos e domésticos. A faca é linda, reconheço, mas quem fizer o que as fotos publicitárias exibem pode deixar [ Leia mais… ]

 
Passitos largos
[22 mai 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

A primeira experiência foi em Noto, fechando um almoço com a marca do gênio (simples, portanto) do mestre confeiteiro Corrado Assenza. Seis meses depois, descubro na adega do Esplanada Grill. Passo longo, não na distância, mas no paladar, um passito. E de Pantelleria, no caso, o Bukkuram de Marco de Bartoli, que, pela evolução dos [ Leia mais… ]