joomla site stats
Tag: Vinhos franceses
 
As carnes e seus vinhos
[21 mar 2017 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

    VINHOS, O NOVO PECADO DA CARNE Como diferentes uvas transformam dão nova grandeza a seu churrasco   Pedro Mello e Souza   O outono é uma temporada emblemática para os vinhos. Mais do que isso, é um ícone. E não somente porque é a época das colheitas no hemisfério norte, mas também porque [ Leia mais… ]

 
Pierre Moncuit
[10 ago 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Para quem conhece os champanhes da casa Pierre Moncuit, uma boa colocação em degustação às cegas não é surpresa. O jeitão vencedor do seu rótulo brut já chega na cor dourada, no perlage finíssimo, na boca mineral, densa, complexa, com um leque de aromas que têm pouco de inverno mas muito de outono, das frutas [ Leia mais… ]

 
A viagem do syrah
[9 mar 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

O fim do verão na Europa traz as excitações e expectativas de duas colheitas para o mundo do vinho. A primeira, claro, a dos vinhedos. A segunda também envolve uvas, mas o terroir é o das livrarias. É nessa época que, quase simultâneos, surgem os dois guias mais vendidos do momento, saindo no mesmo dia, [ Leia mais… ]

 
Festinha para o Barnaut
[6 fev 2015 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Às vezes, o motivo da comemoração está na mesma mão do brinde e ninguém percebe. No caso da Barnaut, um champanhe leve mas com estrutura, próprio para celebrações, comemos mosca. No ano passado, eles comemoraram 140 anos de existência. Para saber um pouco mais desse rótulo, fui ao único dos compêndios que deu alguma bola [ Leia mais… ]

 
Os brancos de Faivelay
[11 ago 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Ano que vem a Domaine Faively completa 190 anos cobrindo todas as áreas nobres da Borgonha, a grande maioria em propriedades próprias, mais de 80 por cento deles, de tintos festejadíssimos. Mas os brancos também têm suas relevâncias, com rótulos de denominações como Bâtard-Montrachet, Meursault, Corton-Charlemagne, Puligny-Montrachet e muito Mercurey.   E há também o [ Leia mais… ]

 
Silex
[10 jun 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Vinho de segunda. A feira, bem entendido. Silex, talvez o maior sauvignon blanc desse sistema planetário. Outros, sistemas, não sei…

 
Terra de cegas
[12 fev 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Degustação às cegas no Esplanada Grill, o sommelier Robson nos traz aquele copo preto. Matamos que era branco, que era fresco, imaginamos um espanhol fino. Quase. Era um chardonnay da Comtes de Largeril, produtor do Pays d’Oc, sul (e sol) da França. Mais do que surpresa no paladar, no bolso: 69 reais. Não é o [ Leia mais… ]

 
Clos de la Coulée de Serrant
[27 dez 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Virou lugar comum dizer que Nicolas Joly tornou-se uma lenda entre os produtores biodinâmicos. Mas a qualidade dos vinhos que produz e a coleção de paladares, calores, texturas e sabores que esse rótulo nos traz, permite o discurso.  O toque mineral, quase xistoso, é inconfundível na região desse vinhedo, que fica em Sevinnières, no Loire. [ Leia mais… ]

 
O carnaval do beaujolais
[22 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Fazia tempo que o beaujolais nouveau não chegava com tanta badalação no Brasil. Era uma sensação, em idos de 1998, quando Zózimo Barroso do Amaral deu na sua coluna, já não me lembro se no Globo ou no JB, que o Boni reuniria amigos no Antiquarius – ele inclusive – para degustar uma caixa que [ Leia mais… ]

 
A gente precisa ver o luar
[2 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Os vinhos de chablis são próprios para qualquer estação quente, inclusive os rápidos “veranicos” do inverno brasileiro. Fresco, levemente mineral e de bela acidez, o rótulo chega em rótulos tradicionais como os de Christian Moreau.  É produzido com uvas chardonnay de vinhas de 40 anos de idade, que não passam por madeira, o que garante [ Leia mais… ]

 
Amiot Guy
[28 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Há calor na estrutura de sua uva, a chardonnay, há conforto no calor mineral que as pedras quentes do verão da região transmitem ao vinho, há aconchego das notas de peras cozidas. Este é um rótulo que pode ser considerado quente, não importa a temperatura, graças à estrutura que esse vinho traz da Borgonha, mais [ Leia mais… ]

 
Philipponnat Clos de Goisses
[2 abr 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Há safras desse champanhe que já ganharam 99 pontos na Wine Spectator. É de se chamar a atenção, pois a revista dá menos destaque do que deveria ao estilo – e concede espaço a outros espumantes duvidosos. Mas o que vale nesse rótulo, o Clos de Goisses, da Philipponnat, é a estrutura com textura, [ Leia mais… ]

 
Pouilly em harmonia
[17 fev 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  A bela partitura que decora o Blanc Fumé de Pouilly poderia representar uma ópera. E comemorativa, se considerarmos que o produtor Didier Dagueneau estaria completando 30 anos de atividade quando foi produzida a safra 2011 desse sauvignon blanc do Alto Loire. Mas um vôo de ultraleve abreviou a sua atividade polêmica no mundo dos [ Leia mais… ]

 
Chauvot-Labaume Pouilly-Fuissé Le Clos 2010
[11 jan 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Mineral já no nariz, com frutas que vão do abacaxi à maça. Toquezinho de manga. A boca checa a crispar de tanta pedra, mas não é fechado – pelo contrário, é rico, denso e, mais importante, refrescante. Ganha muita elegância à medida que passam os minutos – foi o que ficou mais tempo na [ Leia mais… ]

 
Marcel Deiss Riesling 2008
[11 nov 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Na primeira vez, experimentei no Esplanada Grill, por indicação do sommelier, o Robson. Depois, no Le Pré Catelan, como uma das harmonias para o espetacular menu amazônico do Roland Villard. Fresca, mineral, boa estrutura e acidez, como convém a um Alsace. E concordo com o Oz Clarke, que definiu como “delightful” esse riesling do produtor [ Leia mais… ]

 
Marcel Deiss Riesling 2009
[27 jun 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  “Delightful”. É o que diz o mega-crítico inglês Oz Clarke a respeito desse riesling do produtor alsaciano Marcel Deiss, a quem se refere como um fanático por terroir, tal como consta na versão mais recente de seu guia Pocket Wine Book 2012.   Notas de lichia se combinam com os típicos toques minerais da [ Leia mais… ]

 
As margens dos Bordeaux
[8 mar 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

    Se alguém disser que um grupo de grandes vinhos de Bordeaux só podem ser encontrados às margens do rio Garonne, desconfie. Nessa sexta-feira, 9 de março, a partir das 16 horas, outras margens, as da Baía de Guanabara, reunirão em um só ponto, o Iate Clube do Rio de Janeiro, na Urca, uma [ Leia mais… ]

 
Ensaio geral…
[3 out 2011 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Vinhos: novos formatos?   Foram mais mil anos de passagem da ânfora da garrafa. A pergunta agora é: qual será o próximo passo. Enquanto pequenas discussões em torno das tampas de rosca (e até as de vidro), antevendo o declínio da cortiça das rolhas, e de médias polêmicas envolvendo os vinhos em caixa, os [ Leia mais… ]

 
Hecht & Bannier
[18 jul 2011 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  A dupla de nomes da marca não identifica uma associação de franceses. Nem muito menos de rótulos que traçam o mapa dos modernos vinhos do sul da França. Um de seus proprietários, Gregory Hecht, estará no Rio hoje para apresentar um painel de seus vinhos, incensados por Jancis Robinson, que indicou pessoalmente a sua [ Leia mais… ]

 
O pequeno prêmio de Mônaco
[1 jul 2011 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Os vinhedos de Hyères ficam a 130 quilômetros de um dos destinos mais nobres de sua história: o serviço para convidados especiais do jantar de casamento do Príncipe Albert de Mônaco, que aconteceu no início de julho.   Foram 50 garrafas magnum de uma edição especial – e, desde já, exclusivíssima – do Domaine [ Leia mais… ]