joomla site stats
Tag: Sanduíche
 
Personal Dagwood
[21 mar 2017 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Celebrando os 80 anos do Dagwood sandwich com uma versão miniatura da iguaria, criada na Blondie, uma revista em quadrinhos dos anos 30, mas levada a sério somente depois da Segunda Guerra quando surgiram as receitas com o máximo possível (e mastigável) de andares de ingredientes.   Aqui, meu desjejum matinal contou com peito [ Leia mais… ]

 
481 Burger
[19 jun 2016 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Exijo de uma steak house um cheeseburguer decente. Digo cheese porque a expressão hambúrguer foi extinta. O queijo está ali por definição. Nesse aí, do Pobre Juan, um gruyère e uma maionese de pancetta. macio como convém, com sabores distintos e, melhor de tudo, próprio para comer com a mão.   Não ligo para ketchup, [ Leia mais… ]

 
Breakfast, sinhá…
[29 jul 2015 | Pedro Mello e Souza | Um comentário ]

Nunca entendi porque a adição de um ovo frito sobre um croque-monsieur o transforma em um croque madame, já que a adição o torna mais pesado, mais viril e mais opulento. Contribui para a denominação o fato do prato ficar mais bonito, mais elegante e mais apaixonante. É o caso desse aí, da foto acima, [ Leia mais… ]

 
Hambúrguer? Qual deles?
[1 set 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Já aconteceu com pratos simples como as pizzas, com os mais refinados como o sushi, e com os mais elaborados, como as paellas e as bouillabaisses. Cada uma delas, em seu tempo, sem motivos aparentes além do senso de oportunidade, perderam as suas características e se transformaram em excrescências que enterraram as fórmulas originais em [ Leia mais… ]

 
P.J. no RJ
[20 jul 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  No fim do Leblon, um novo início para o PJ Clarke’s, nos 130 anos da marca. Que pulou da Terceira Avenida, em Nova York, chegou a São Paulo e, em agosto, desembarca no Rio sento, garantem os sócios, sede do original. Será também novo início para cheeseburgueres como esse da foto, o Cadillac, em [ Leia mais… ]

 
Algum lugar do passado
[10 mar 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Vou dar nova chance. Sempre dei chances ao passado, alegremente, especialmente no caso de um cheeseburguer. Não deu certo, acontece. Mas quando chegamos em uma casa com a chancela Troisgros, não podemos nos dar ao direito de dar instruções, nem sequer aquelas que possam levar alguém ao óbito, como a intolerância alimentar. Exagero, claro. Não [ Leia mais… ]

 
Vai dar praia 2
[3 fev 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Esse post é sequência do anterior, o Vai dar praia 1, em que falo do cardápio do Bazzar, que relembra os produtos proibidos nas praias pelas autoridades que se afirmam competentes. No Bazzar Café, a intenção não passa por aí, mas por uma visão moderna  dos sanduíches, com formatos e ingredientes diferentes mas amigáveis, simples [ Leia mais… ]

 
Efeito sanfona
[31 jan 2014 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Não basta ter uma bela apresentação – tem que servir pra alguma coisa. Nesse caso, estilo e um certo asseio na hora do almoço à russa, com os pacotes Eat&Go. Cores lindas, lettering perfeito, design atraente e a solução sanfonada, que retrai o pacote à medida que se devora o sanduíche ou entorna-se a sua [ Leia mais… ]

 
Modo de usar: Pipo
[11 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | 2 comentários ]

As reclamações são infundadas: conseguir um lugar no Pipo, seja pela badalação de sua inauguração ou pela sua localização nobre, na Rua Dias Ferreira, sonho de consumo para qualquer comerciante no Leblon, é tão difícil quanto em qualquer outro restaurante. Basta dar uma viradinha no relógio e chegar um pouco mais cedo – ou um [ Leia mais… ]

 
NY Dog
[1 nov 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Esquina de Broadway com 72 estão dois cartazes: o do local, o Gray’s Papaya, e o Inspection Certificate, o nada consta da saúde pública de Nova York. Por trás dos avisos, o mais baladados dos hot dogs da cidade. Finos, crocantes, defumados. Peça logo dois, um puro, para sentir o prazer da carne; outro, com [ Leia mais… ]

 
A anatomia do cheeseburguer
[24 set 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  Sexy como qualquer página centerfod da Playboy. De cima para baixo, com todas as medidas no lugar, eis a anatomia do cheeburguer sugerido pelo compêndio Modernist Cuisine, que, mais de uma caixa de livros, tornou-se um órgão vivo, que nos mastiga e engole com lançamentos sucessivos. Como ainda não tenho o meu, em nenhuma [ Leia mais… ]

 
He’s back: Alex Silva
[24 set 2013 | Pedro Mello e Souza | Um comentário ]

Ou “he’s b”, ou “he’s bica”. Não importa, à frente, entenderão o trocadilho fraco. O fato é que voltou, ele que foi o chef do Bocca, um dos brilhos da Lisboa de dois anos atrás. Fechou por pressão do IVA, o leonino imposto da União Européia, tido como panaceia da austeridade, mas que liquidou quem [ Leia mais… ]

 
Burger Joint: modo de usar
[24 set 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

O Park Meridian, hotelzão na Rua 56, entre Sexta e Sétima, bem que tenta esconder. Ou não, por conta do sucesso que tira um pouco o local do anonimato. Mas, à esquerda de quem entra, depois do balcão, com cara de depósito, imundo, está o Burger Joint. Quem caça hambúrgueres, como esse glutão, cá, sabe [ Leia mais… ]

 
O café da discórdia
[28 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | 2 comentários ]

Volta e meia, lanço uma brincadeira no instagram sobre o meu café da manhã, lembrando o absurdo de não termos ingredientes como shoyu, ovas, coentros, pimentas e outros condimentos, massas e seus ensopados, carnes como o de cordeiro e seus molhos.  Não é só uma debochada com o senso comum – odeio café com leite [ Leia mais… ]

 
Lisburguer
[28 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Tem certas pesquisas que merecem mais profundidade. Uma delas é a que me intrigou: Espaço Açores, que Joe Best, um chef rock’n’roll, filho de Sintra me chamou a atenção quando fiz a matéria Lisboa Remix, para o Caderno Ela, do Globo. Na realidade, ele, mui justamente, esculachou uma bobagem que eu escrevi. Mas como tudo [ Leia mais… ]

 
O mais triste dos sanduíches
[4 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Saída do cardiologista com a boa notícia debaixo do braço: depois de tudo o que comi e bebi ao longo desses anos, dieta liberada. Meus crimes compensaram, meus pecados foram relevados, meus excessos não foram computados, meu arquivo foi limpo, meu foie não ficou gras. Mas um pequeno castigo estava à espreita – ninguém mandou [ Leia mais… ]

 
Tendência lusa 1
[4 ago 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

O que me atrai nos modismos das mesas lisboetas é que, qualquer que sejam, serão, acima de tudo, portugueses. Mesmo no caso das tendências que vêm de fora, como o hambúrguer. Hambúrguer em Lisboa?, pergunta o incauto, que tem Portugal como uma grande esquina do bacalhau com pastel de Belém.   Yes, hambúrguer em Lisboa, [ Leia mais… ]

 
Pão com ovo (Remix)
[2 abr 2013 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

  A receita é simples de pensar e difícil de executar, especialmente para aquilo que se presta um pão com ovo: a larica do fim de noite, o último recurso contra a ressaca inevitável. Exige um mínimo de destreza para deixar a gema naquela consistência mollet, como dizem os franceses, que não admitem a tradução [ Leia mais… ]

 
Pulled pork
[16 dez 2012 | Pedro Mello e Souza | Sem comentários ]

Nos posts sobre o Bazzar Bubble Bar, deixei de citar um dos itens que valem uma refeição: o pulled pork, um sanduíche que eu conheci em um Hard Rock Café, nos anos 90. E voltei a provar como uma das indicações da Cristiana Beltrão para o cardápio de seu bar de bolhas. O antigo era [ Leia mais… ]

 
Wagyu: Ipanema beef
[30 jul 2012 | Pedro Mello e Souza | 3 comentários ]

  Desde os fins do século passado, me recuso a dizer qual, o wagyu tornou-se uma febre entre os devoradores de carne. Chegou sob a grife do bife de Kobe e com a mística de custar 200 dólares o escalope. Desbancou o luxo maior que a época tinha na área: os angus certified britânicos.  As [ Leia mais… ]